Revista Eu Magro

10 dicas para lidar com a ansiedade

23 de Novembro de 2018

Psicologia

10 dicas para lidar com a ansiedade

Você sabia que a ansiedade é um dos problemas mais comuns deste século? E que a Organização Mundial da Saúde classificou o Brasil como o país com maior índice de transtorno de ansiedade do mundo? Pois é, muita gente passa ou já passou por momentos em que o medo, incertezas e angústias tomaram conta.

Sentir ansiedade, medo e insegurança é normal, até certo ponto. São mecanismos do nosso cérebro nos dizendo para tomarmos cuidado, ficarmos mais alertas. Porém, quando isso extrapola os limites e nos faz tomar decisões precipitadas ou travar, é preciso analisar e buscar o reequilíbrio.

Algumas atitudes no seu dia a dia podem ajudá-lo a lidar com esse problema, trazendo-lhe mais qualidade de vida e bem-estar. Veja as dicas a seguir.

1- Pratique atividades físicas

As atividades físicas beneficiam diversas áreas da sua vida, inclusive no tratamento da ansiedade. Praticá-las pelo menos três vezes por semana aumenta seus níveis de serotonina, um hormônio ligado ao prazer, afastando os pensamentos negativos.

Além disso, enquanto você faz exercício, o pensamento é direcionado para outra área e isso pode ajudá-lo a se acalmar. O ideal é organizar o dia para incluir a prática na sua rotina.

2- Controle a sua respiração

Quando nos sentimos ansiosos é normal que a nossa respiração fique instável e acelerada. Para controlá-la, sente-se de maneira confortável numa cadeira, com a coluna reta, inspire e expire fundo três vezes. Procure fazer a sua expiração mais longa e, se quiser, faça um som de “ah” com a boca.

Esse exercício simples ajuda a acalmar e relaxar, além de equilibrar a respiração. Repita quantas vezes você achar necessário.

3- Diminua os pensamentos negativos

Os pensamentos negativos são os desencadeadores da ansiedade. Uma boa prática para minimizá-los é anotá-los e analisar o quanto aquilo faz sentido a ponto de causar um medo real. Geralmente os pensamentos são só suposições e, para sair desse ciclo, troque por algo que faça mais sentido.

Por exemplo: você está nervoso porque tem uma prova importante, mesmo tendo estudado bastante. Seu pensamento negativo: “E se eu não passar na prova? ” Veja que é só uma suposição. Substitua por: “Eu me preparei e estudei, então tenho chances de passar. Se não passar, terei outra chance em breve e poderei me preparar ainda mais”.

Tenha em mente que tudo é aprendizado, até mesmo os erros cometidos. Cobre-se menos e encare a vida com mais leveza. Dessa forma, você contorna a ansiedade com bons pensamentos.

4- Seja mais organizado

A organização é importante para que você saiba o que acontecerá e possa se antecipar a problemas. Ou seja: você não fica com medo do futuro, pois está preparado para lidar com ele.

Busque estabelecer rotinas e horários, tanto no seu trabalho, quanto em casa. Mesmo quando tudo não sair como planejado, você não estará em meio a uma bagunça completa, já que até ali as coisas aconteceram. Pare, faça um novo planejamento e recomece.

5- Durma bem

Dormir bem pode ser um desafio para ansiosos, mas o simples fato de ter uma boa noite de sono lhe dará mais disposição e energia para lidar com todas as situações no dia seguinte. Então, para sair do ciclo de ansiedade e dormir bem, faça alguns dos passos já citados.

Pratique uma atividade física leve no final do dia, tome um banho relaxante, coma alimentos leves e pratique exercícios de respiração. Antes de dormir, desligue seu celular, leia um livro, deixe a luz do quarto mais fraca e tome um chá. Dessa forma, seu corpo vai relaxar e você deve ter um sono tranquilo e profundo.

6- Mude o foco

O problema não vai se resolver só de você pensar nele. Então, se você não pode fazer nada sobre isso, que tal fazer algo totalmente diferente? Saia de casa, vá encontrar amigos, assista a um filme ou seriado que gosta, concentre-se em outro trabalho, pratique um hobby. O simples fato de mudar o foco ajudará você a relaxar e parar de pensar em coisas negativas.

7- Afaste-se de pessoas tóxicas

Algumas pessoas são realmente mais reclamonas e cheias de problemas. Respeite seu momento de ansiedade e afaste-se delas. Essas pessoas não poderão lhe ajudar, ainda que entendam sua situação. O que você precisa agora é ficar perto de quem ama e pode ajudá-lo a ver a vida com mais positividade e leveza.

8- Fique menos tempo nas redes sociais

Já percebeu que nas redes sociais todo mundo é feliz e bem-sucedido, não mesmo? Em meio a ansiedade e ao turbilhão de pensamento, nem sempre conseguimos refletir e entender que todo mundo tem problemas. Ver as outras pessoas felizes, acaba nos fazendo pensar que só a gente está mal.

Então, a dica é ficar um pouco longe das redes sociais e aproveitar o que acontece ao redor. Desative notificações e sempre que perceber que está há tempo demais online, desconecte-se e vá fazer outra coisa.

9- Consuma alimentos específicos

Alguns alimentos ajudam no controle da ansiedade: são os ricos em triptofano, um aminoácido que ajuda a sintetizar a serotonina. O amendoim, queijo, castanha de caju, ovos, frango, ervilha e abacate são alguns dos alimentos ricos em triptofano.  

Caso você esteja em um processo de emagrecimento, pode pedir para seu médico ou nutricionista a ingestão de cápsulas.

10- Procure ajuda profissional

Por fim, caso você enfrente dificuldades para lidar com a ansiedade sozinho, procure uma ajuda profissional. Um psicólogo ou um psiquiatra poderá orientar, conversar e ajudá-lo a entender as causas do problema e tratá-las. Em alguns casos, um remédio ansiolítico também ajuda, mas só o médico pode avaliar.

É importante saber que, nem sempre, a ansiedade é patológica e exigirá tratamentos com médicos e remédios. Como você viu, melhorar a qualidade do seu sono, praticar atividades físicas, ter mais organização, entre outras atitudes podem ajudá-lo a lidar com o problema no seu dia a dia, de maneira natural.

E então, essas dicas foram úteis para você? Esperamos que sim!

Até a próxima!